segunda-feira, 15 de março de 2010

VOLTAR A PENSAR E AGIR COMO CRIANÇA


"E disse: Em verdade vos digo que se não vos converterdes e não vos fizerdes como crianças, de modo algum entrareis no reino dos céus" Mateus 18:3.


Em 1985, o Los Angeles Times publicou uma história muito interessante e humana.
O fato aconteceu poucos dias depois do terrível terremoto na Cidade do México.
Um pequeno menino, japonês-americano, ia de porta em porta, vendendo cartões postais ao preço de 25 centavos cada.
Tudo o que ele conseguia, oferecia para ajudar as vítimas do terremoto.
Um homem comprou alguns cartões postais do pequeno menino e, então, perguntou a ele quanto esperava conseguir com as vendas.
O menino respondeu sem hesitar: "um milhão de dólares!" O homem sorriu e lhe disse:
"Você espera conseguir um milhão de dólares para ajudar as vítimas do terremoto sozinho?"
"Oh não, senhor," respondeu o menino, "meu irmão mais novo está me ajudando!”
O Senhor nos ensina muitas coisas através de crianças.
Amor, esperança, falta de preocupação, obediência, uma confiança inabalável.
Não há ansiedade, sofrimento por antecipação, murmurações desnecessárias.
Ela sabe que vai ter, acredita na proteção, descansa sem temor.
O menino de nossa história não duvidava que fosse conseguir.
Não ficou trancado em seu quarto até que tivesse certeza do dinheiro a arrecadar, não achou que tudo seria muito difícil.
Ele simplesmente saiu em busca de seu objetivo, de seu propósito, de seu sonho.
E não era um plano interesseiro.
Ele o projetou por amor... queria ajudar... e iria conseguir "com certeza".
Isso é fé, é dedicação, é esforço pessoal.
E por que não fazemos o mesmo?
Por que duvidamos de tudo antes mesmo de começar a lutar por nossos sonhos?
Por que preferimos pensar nas dificuldades em vez de pensar em Deus que tudo pode?
Está na hora de nos colocarmos como crianças nas mãos de Deus.
Precisamos confiar nele seja qual for à circunstância.
Esqueçamos das lutas e obstáculos e olhemos para cima.
Deus tudo pode e Ele fará.
Nós conseguiremos.
Ele conseguirá por nós!
Não olhe quão grande é o seu problema, mas olhe quão grande é o seu Deus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui este blog será um prazer saber sua opiniao.